terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Itaituba - PA: Jovem de 19 anos é preso por ‘estupro de vulnerável.

Na noite de sábado, 11, segundo Gerlison, ele estava em frente a uma casa aonde acontecia aniversário de uma criança, quando uma menor de 12 anos apareceu e começaram a flertar; Gerlison disse que apenas de uns beijinhos, abraços na menina, mas não pensava que ela fosse menor de idade.

O fato ocorreu no residencial Wirland Freire, quadra 8 na noite de sábado por volta das 23 horas, do dia 11. A menor retornou pra sua casa quase meia noite e a mãe viu no seu pescoço “várias marcas de chupões” no pescoço da filha, questionando por onde ela andava e o que tinha feito M.N. S disse que tinha sido beijada por Gerlisson.  Denunciado na manhã de domingo dia 12 o mesmo foi preso e conduzido para a 19ª Seccional de Policia pela patrulha policial comandada pelo sargento Janio.
Em depoimento tanto Gerlinson quanto a menor negaram que tenham tido relação sexual tendo sido apenas um namoro casual. O problema é que a Policia encontrou o casal trancado dentro de um quarto enquanto levava o jovem preso a menina queria se matar com pedado de fio elétrico. Segundo Maria da Conceição, mãe da menor, a sua filha tem só lhe causado transtornos e desgostos na vida, inclusive fugindo por diversas vezes e sempre retornando pra casa com o pescoço cheio de chupões.
O caso está com o delegado Rafael que considera complicada a situação do jovem por se tratar de crime hediondo embora o acusado seja réu primário e com bons antecedentes isso não vai ajudar muito já que desde 2009 a lei mudou tornando esse crime como hediondo que pode custar entre 8 a 20 anos de cadeia além de ser inafiançável. Admitindo não poder mais cuidar da menor que é uma garota ”diabólica” tendo inclusive ameaçado a mãe com uma faca, Maria da Conceição disse que vai entregar a filha para o Conselho Tutelar e para o juiz mandá-la para o abrigo Municipal.  Essa não foi a primeira proeza da menor que toda vez que foge de casa volta com o pescoço cheio de marcas conhecido no mundo da ”Saliência como ”chupões.
A menor foi submetida a exame de conjunção carnal pelo IML para a policia saber sobre quem está mentindo ou falando a verdade nesse episódio. Todos os procedimentos legais dentro dos trâmites das leis foram feitos contra o acusado que deverá ser mandado para a cadeia pública. O acusado disse que não fazia ideia que apenas dar uns amasso e uns chupões no pescoço fosse assim considerado tão grave.
Estupro de Vulnerável: Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos: Pena - reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos. Em 2009, a lei n° 12.015/2009 substituiu o conceito anterior de “presunção de violência” (também conhecido como “estupro presumido”) pelo novo conceito de “estupro de vulnerável”. https://pt.wikipedia.org/wiki/Estupro_de_vulner%C3%A1vel
Fonte: Nazareno Santos...

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. E quanto a menina é uma adolescente também; precisando de uma boa orientação e um acompanhamento, enquanto vive essas ilusões da fase da idade dela.

    ResponderExcluir